segunda-feira, 11 de setembro de 2017

(a)Riscar o Património/Heritage Sketching

26º Encontro USkP Açores

(a)Riscar o Património/Heritage Sketching é uma iniciativa da DGPC – Direção-Geral do Património Cultural, com apoio dos Urban Sketchers Portugal, integrada nas Jornadas Europeias do Património, que decorrem todos os anos em todo o país, durante o mês de Setembro.

Este ano, a iniciativa entra na sua 4.ª edição, tendo como tema Património e Natureza – Pessoas, Lugares, Histórias.

A actividade realizar-se-á no dia 23 de Setembro, Sábado nos seguintes locais:

Albufeira, Aveiro, Braga, Castelo Branco, Castelo de Almourol, Chaves, Coimbra, Évora, Guimarães, Lisboa, Ponte de Lima, Porto, Ribeira Grande – Açores, Santa Maria da Feira, Torres Vedras, Viana do Castelo e Vila do Conde.

Dos trabalhos que daqui resultarão, será realizada uma exposição de carácter itinerante que estará exposta em várias cidades do país.

Sendo o tema das Jornadas Europeias do Património – Património e Natureza – Pessoas, Lugares, Histórias, os Urbansketchers em São Miguel em parceria com o Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas, com o Centro de Interpretação Ambiental da Caldeira Velha e Geoparque Açores – Geoparque Mundial da UNESCO congregam o tema realizando um passeio pedestre à Lagoa do Fogo. Nesta edição do (a)Riscar o Património, o desenho desce – interpretativamente – ao Vulcão do Fogo. Espera-se que o suporte da história, geodiversidade, biodiversidade e do olhar facilitem registos, livres e espontâneos, reveladores do lugar.
.......................................................
*INSCRIÇÃO GRATUITA mas Exige CONFIRMAÇÃO DE PRESENÇA:
urbansketchersazores@gmail.com

-PONTO DE ENCONTRO: 9:00 (em frente à Câmara Municipal da Ribeira Grande)
-EQUIPAMENTO: Calçado confortável, Água, Refeição ligeira, Caderno e utensílios de registo.
..........................................................................
Beatriz Brum – Serviço Educativo do Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas
Eva Lima – Geoparque Açores – Geoparque Mundial da UNESCO
Tiago Menezes – Centro de Interpretação Ambiental da Caldeira Velha (Câmara Municipal da Ribeira Grande)

Alexandra Baptista – Anfitriã | USkPAçores

sábado, 9 de setembro de 2017

Desenhar Com BENEDETTA DOSSI



O nosso 25º Encontro ocorreu com a belíssima oportunidade de desenhar com a Benedetta que esteve em São Jorge e de passagem em São Miguel.
Esta coisa maravilhosa da partilha que os USk possibilitam é francamente enriquecedora.
O Alto da Mãe de Deus tem uma vista ampla sobre a cidade e marca bem a presença do mar, mas não anula o relevo da paisagem rural e verdejante. A Benedetta propôs-nos, alguns exercícios orientados para a organização de elementos, a organização profundidade, com enquadramentos selecionados por nós...
Foi desafiante e esclarecedor, penso que todos gostámos e ela foi incansável, obrigada.

(Aguarela, carimbo, grafite e lápis de cor )                                                                     mais aqui:«in situ

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

24º Encontro Urban Sketchers | Pico Queimado #03




Depois do encontro desci até à Ribeirinha para ver a fonte «enterrada» na lava, aproveitei para desenhar o Pico Queimado e experimentar grafite colorida.

(Caneta caligráfica, lápis de cor, grafite e aguarela)                                                  Mais aqui:    «in situ»

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

24º Encontro Urban Sketchers | Pico Queimado #02



O passeio foi incrível com vistas largas e desafogadas, propuseram-nos uma recriação das erupções de 1563...

(Caneta caligráfica, lápis de cor, carimbo, grafite e aguarela)                                    Mais aqui:    «in situ»

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

24°Encontro USkP Açores | Pico Queimado #01

O 24º Encontro USkP Açores fez-se em parceria com o Arquipélago, Centro de Artes Contemporâneas  da Ribeira Grande e com o Centro de Interpretação Ambiental da Caldeira velha. 
Realizou-se a atividade a propósito da comemoração das Erupções que ocorreram na noite de 28 de Junho de 1563  na Lagoa do fogo e quatro dias depois no Pico da Sapateira / Pico Queimado.
ALGAR DO PICO QUEIMADO:
CRATERA DO VULCÃO DO PICO QUEIMADO:
À PROCURA DOS RIOS DE LAVA:

Eu desconhecia o Pico Queimado, o trilho é fácil e tornou-se muito mais interessante com as explicações da Eva Lima (Geóloga, responsável pela Geoconservação e Planeamento Ambiental) e do Tiago Menezes (Biologo, Centro de Interpretação Ambiental da Caldeira Velha . Vimos o Algar e a cratera do vulcão e distinguimos domus  e vulcões.

(cont.)

(Caneta caligráfica, lápis de cor, carimbo, grafite e aguarela)                                                                  «in situ»